Sabia que o recém-criado Geoparque Litoral de Viana do Castelo acaba de ganhar o prémio Geoconservação 2016 da Associação Europeia para a Conservação do Património Geológico (ProGEO)? O mais recente Geoparque nacional conta-nos a história da evolução da zona litoral a norte da cidade de Viana do Castelo com base em seis geosítios de excecional importância científica, e onde podemos encontrar “gotas” de magma, icnofósseis, ou gravuras rupestres, como aquelas que podemos observar no Alcantilado de Montedor. Uma paisagem modelada por diferentes momentos da evolução geológica e marcas que remontam de há mais de 500 milhões de anos. Modelada também pelo homem da Idade Média a quem se deve a construção das “pesqueiras” existentes nos interstícios das formações rochosas,  com recurso a pedras soltas que deixavam passar o peixe na subida da maré e o prendiam na maré baixa, ou as pias salineiras escavadas nas rochas.

O percurso inicia-se com a visita a um dos faróis mais bonitos de Portugal: o farol de Montedor, localizado no cimo daquele alcantilado, tal como o Moinho do Petisco, um dos típicos moinhos de vento existentes no local. Um percurso por algumas das mais belas praias de Portugal como as de Vila Praia de Âncora, Moledo, Camarido (e outras quase desertas), construções de defesa costeira como o Forte de Paçô e o Forte do Cão. Motivos de interesse não faltam. Venha daí!

Deixe uma resposta